Você sabe quais os ganhos ao planejar a produção de pastagens?

Updated: Aug 23


Estamos falando em aumento de produção, isso mesmo, pensa comigo... 90% da carne e do leite produzidos no Brasil vêm de rebanhos mantidos exclusivamente a pasto.

Quando falamos de produção de pastagens, nosso país é favorecido pelo clima e extensão territorial levando em conta essas características as pastagens ocupam um fundamental papel na produtividade do campo, e o planejamento vai ajudar a reduzir os custos na formação de uma pastagem de qualidade.

Inicialmente o SOLO precisa ser analisado e posteriormente corrigido em suas propriedades, para aumentar a eficiência de produção, entre as estratégias para correção do solo está o uso de calagem e adubação. A coleta das amostras das áreas onde serão feitos os plantios deve seguir todo o protocolo, quanto a representatividade, para isso deve-se coletar várias amostras, de 20 a 30, para tirar uma composta que deve conter em torno de 500gr que representará uma área de 20 a 30 hectares. O laboratório vai usar toda a tecnologia para fazer a análise, mas se a coleta de solo foi feita de forma inadequada, compromete todo o processo. As profundidades recomendadas para as amostragens de analises do solo são 0 a 20cm e de 20 a 40cm.

Amostras complementares para avaliar a fertilidade do solo devem ser coletadas de 0 a 10cm,nos casos em que já foram introduzidas pastagens, pois dificilmente o pecuarista vai revolver o solo para introduzir nutrientes, estes serão feitos na superfície do mesmo.

O solo é peça fundamental no planejamento de um plantio, por isso conhecer suas características e planejar seu uso é fundamental.

Você já parou para pensar na importância que o solo tem para todo o ecossistema agrícola, que é um recurso natural renovável importantíssimo para a vida.

A análise do solo é uma operação fundamental para avaliar se o solo precisa ser adubado e corrigido adequadamente para receber a cultivar. A coleta da amostra do solo deve seguir as orientações quanto à representatividade e quantidade, pois é a partir desses resultados que se farão as recomendações de adubação e correção de solo

No Brasil o processo de calagem visando à correção da acidez do solo, quando se trata de pastagem não é muito utilizada. Pois as forrageiras tropicais tem grande capacidade de adaptação, proporcionando um melhor aproveitamento da pastagem sem adubação.


A escolha do capim a ser plantado deve levar em conta as seguintes finalidades:

  1. O tipo de animal que será colocado na pastagem

  2. A fertilidade e drenagem do solo

  3. Época do plantio


Utilize esta ferramenta que criamos para que você faça sozinho seu planejamento.

Depois de escolher a forrageira, vem a etapa do solo, que deve ser bem preparado para receber a semente de pastagem. O solo tem que ser protegido contra erosão e a vegetação indesejada deve ser retirada. Também é necessário fazer uma análise de solo para determinar o uso de corretivos.


Frequência de análise: planilha


Check-list.

  1. Solo analisado e corrigido

  2. Escolher a Cultivar